quarta-feira, 15 de maio de 2019

Os vendilhões do Templo

Depois de os cripto-cambistas terem dado o exemplo, sentiram chegada a hora os vendilhões do templo, deste Novo Sporting agora neste novo Tempo, no carrossel do Mendes já há muito em movimento, transferindo craques por mendilhões em busca de melhor vencimento, trazendo basbaques que custam caro e de raro aproveitamento, ou um Vietto, sobremesa ou aperitivo depende do momento, dizem que é tipo Vienetta mas com cone de Cornetto, espero que não seja pino e corra sem pés de cimento, mais activo que o Yeti na época do acasalamento, com maior pegada ecológica nos postos de abastecimento, não tanta e com mais sucesso que o Michele Alboreto, e que dê nas vistas um pouco menos raramente.

Ainda se falou em 30M e na capa dos desportivos de hoje já só eram 20M.

Acaba em 15M mais metade de uma futura venda - se venderem - de um jogador que é uma absoluta incógnita.

Para um clube que estava na penúria financeira, em bancarrota, gastar 7,5M no incógnito é obra.
26 pessoas estão falando sobre isso


Uma palavra para descrever o negócio ? RUINOSO. "compromete-se" a pagar 22.5M€ pelo jogador, enquanto que o devolve - de imediato - 7.5M€ para ter 50% do .

Trocado por miúdos: 15M€ + 50% de um jogador.
92 pessoas estão falando sobre isso

Mas há quem diga ser um ótimo negócio .. fico é sem saber se são lampiões ou sportinguistas armados em lampiões 😏
Veja outros Tweets de A Turma do Fisgas



    Não precisamos do Vietto. O Harambas marcou um poker com esta declaração. Dos quatro elementos que refere, todos eles são contraditórios com a própria declaração.

    segunda-feira, 13 de maio de 2019

    O Salão dos Trabalhadores II


    VENCEDORES DA LIGA EUROPEIA DE HÓQUEI EM PATINS!

    Depois de na meia-final despachar os rivais da segunda Circular, coube na final os rivais nortenhos derrotar, com um jogo bem conseguido e sempre a liderar, aliás como tinha sido com os que antes foram a andar, talvez de patins talvez a esvoaçar, que ainda conseguiram mal ou bem empatar, mas de novo o quinto golo fê-los soçobrar - mão cheia de golos a abrir e outra a fechar - e a glória europeia às garras do Leão voltar. Eis a vitória dos trabalhadores, estes patinadores, que também sabem jogar e ganhar!

    (façam-me um gif disto, c******, sem aquela faixa azul em baixo)

      Engenheiro Gilberto
      Paulo Freitas
      Ricardo Gomes
      Carlos Ribeiro Rosa
      Nuno Roque
      João dos Santos
      Girão
      Zé Diogo
      Tiago Freitas
      Platero
      Henrique Magalhães
      João Pereira
      Romero
      Font
      Caio
      João Pinto
      Navarro
      Marín
      Pedro Gil
      Toni Pérez
      Vítor Hugo

      Parabéns e obrigado a todos os campeões europeus!!!!!!

        Os sportinguistas puderam ver, através do canal que o BdC decidiu criar, jogadores que o BdC contratou, conquistarem no pavilhão que o BdC mandou fazer,  o troféu mais importante de uma modalidade que o BdC fez regresssar.

        Parabéns, Varandas, por esta conquista.

          Da III Divisão à conquista da Europa!
          Parabéns aos jogadores, parabéns ao staff técnico e parabéns aos 2 grandes obreiros do regresso do Hóquei do Sporting aos grandes palcos: Gilberto Borges e Bruno de Carvalho.


          Para quem não sabe, BdC antes de ser Presidente do Sporting, foi Director da secção autónoma do Hóquei em Patins em 2010 e patrocinou a equipa através da sua empresa de construção.

          Depois, depois foi criar os alicerces até chegar a este nível.

          Citar
          "– Hóquei em Patins
          Em 2014/15, BdC faz regressar o Hóquei em Patins a titulo oficial a Alvalade, e logo nesta mesma temporada o Sporting conquistou a Taça CERS.
          Depois do regresso aos títulos europeus, dá-se o regresso à conquista de troféus nacionais. Supertaça em 2015/16 e Elite Cup (Taça Liga do Hóquei) em 2016/17.
          No Campeonato, com um investimento progressivo, 5º classificado em 14/15 (27 pontos do 1º lugar), 4º Classificado em 15/16 (20 pontos do 1º lugar), 4º Classificado em 16/17 (10 pontos do 1º lugar), que culmina na temporada de 2017/18, onde o Sporting conquista o título de Campeão Nacional de Hóquei em Patins, 30 anos depois, com um desempenho repleto de atitude, compromisso, superação e muita garra."

          In http://atascadocherba.com/2018/07/25/hoje-escreves-tu-manifesto-contra-a-ingratidao-e-amnesia-colectiva-ou-porque-bruno-de-carvalho-e-o-melhor-presidente-da-historia-do-sporting-clube-de-portugal/
            Obrigado, Dr. Bruno de Carvalho e Eng. Gilberto Borges!

            A revalidação deste título escapava há muito.

            Os antepassados dos que hoje nos desgovernam tiveram o desplante de extinguir esta modalidade histórica.
            Histórica porque o Sporting foi "só" a primeira equipa portuguesa a conquistar o título máximo da Europa em hóquei.
            Histórica tb. porque ainda ofereceu figuras míticas, com a equipa mágica do final da década de 1970, composta por ídolos com Ramalhete, Sobrinho, Rendeiro, Xana (um dos meus primeiros ídolos) e Livramento. Se os jogadores eram ídolos, o conjunto era magnífico, uma autêntica orquestra, demolidora e conquistadora.

            Foi necessário que esses tais antepassados dos de hoje se comessem uns aos outros e deixassem o clube nas lonas para finalmente dele se desinteressarem, permitindo que alguém com um programa assente no associativismo e no ecletismo reerguesse o Sporting, recuperando modalidades, como o vólei ou o hóquei, e edificando estruturas para a competição, maximizando as conquistas.

            Nessa altura, o excelente trabalho de Gilberto Borges, a que Bruno de Carvalho tb. se associara, foi, graças a eleição de um presidente interessado no ecletismo, justamente reconhecido.
            A obstinação de um homem numa modalidade e a visão para o clube foram uma aliança tão improvável quanto fadada para o sucesso.
            A partir daí, foram criadas condições estruturais para que o Sporting se colocasse, novamente, na primeira linha do hóquei patinado.

            Para começo de conversa, uma taça CERS foi conquistada com brilhantismo, na raça e ainda com poucos meios.
            Depois, foram investimentos criteriosos e ambiciosos, plantéis cada vez melhores e um pavilhão próprio.
            A glória seria o corolário lógico de um trabalho sustentado.
            O maior título nacional foi finalmente reconquistado, depois de um interregno de 30 anos. O palco seria o pavilhão construído por Bruno de Carvalho
            O maior título europeu foi hoje finalmente reconquistado, após 42 anos, e tb no mesmo palco, um magnífico legado que, depois dos 4 títulos nacionais ali ganhos e festejados numa única época desportiva, tb permite chegar ao topo da Europa.

            Depois do tal 5 mítico, outra equipa mágica, permite-nos igualar rivais portugueses, numa modalidade onde o país é forte e na qual o Sporting tinha responsabilidades, finalmente reassumidas.
            Bruno de Carvalho e Gilberto Borges demonstraram que é possível concretizar o sonho inicial: "um clube tão grande como os maiores da Europa"


            domingo, 12 de maio de 2019

            MK Ultra

            Semanas pródigas em propaganda e penumbra, em que as modalidades apenas servem quando deslumbram, para recolher os louros antes que se afundem, do investimento louco dos malucos que perseguem e expulsam, pais de golpadas encomendadas por corruptos que mal se assumem, foram-se os campeonatos mas ainda te iludem, apregoam resultados que só eles vislumbram, os neo-exigentes viraram Marcel Keizer ultras, futebol champagne dizem os idiotas úteis, odes apoteóticas de épocas inúteis, elegias bacocas para adornar homens fúteis, cabeças ocas onde são vazadas memórias volúveis, futebol é fácil, fácil, mas há coisas insolúveis.


            VARANDAS SOCORRE ADEPTA DURANTE O JOGO DE HÓQUEI EM PATINS

            SPORTING 11-05-2019 20:01


            O presidente do Sporting voltou a vestir a pele de médico durante o jogo deste sábado no Pavilhão João Rocha, das meias-finais da Liga Europeia de hóquei em patins.

            Numa altura em que o Sporting vencia o Benfica por 4-2 (o jogo terminou com vitória dos leões por 5-4), uma adepta sentiu-se mal na bancada e, ao aperceber-se da situação, Frederico Varandas foi ao seu auxilio, prestando-lhe os primeiros cuidados.

            O presidente dos leões acabou por aguardar que a senhora, com suspeitas de ter sofrido um AVC, fosse depois transportada para o Hospital de Santa Maria.

            Recorde-se que não é a primeira vez que tal acontece. Em janeiro, na final da Taça da Liga de futebol, Frederico Varandas também socorreu um adepto durante o jogo.

            https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/787649?fb=1




            "Para defender os interesses do "; "reforços bons e baratos" - tem mesmo a cara de Mendes

            "pagar-lhe comissões de 10%" - Isto é Mendes

            "fortes ligações ao Benfica não impede Varandas de lhe colocar alguns dos principais negócios." - comido de cebolada.
            Veja outros Tweets de paraver


            Jorge Mendes roubou jogadores ao Sporting após Alcochete e agora regressa para ajudar o Sporting e vender e comprar jogadores.

            - O homem é um génio.
            - Merecemos tudo o que nos acontece.
            - O crime compensa.

            83 pessoas estão falando sobre isso

            quarta-feira, 1 de maio de 2019

            O Salão dos Trabalhadores


            VENCEDORES UEFA FUTSAL CHAMPIONS LEAGUE!


              "Domingo já éramos... já éramos!" 

               Eis a eterna e lendária profecia, proferida por um conhecido anónimo um dia, a minha preferida porque é sinónimo de Vitória e Alegria.

               C de Caio, Cardinal, Cary e Cavinato
               A de Alex I
               M de Marcão, Marcelinho, Matos, Merlim e Miguel Albuquerque
               P  de Pany e Portugal, o Gonçalo
               E de Erick
               Ã de André Sousa
               O de Orlando Duarte

               D de Deo, Dias (Nuno), Dieguinho, Diogo, Divanei e Djô
               A de Alex II e de António Simões

               E de Europa Minha
               U de União (a que não exclui)
               R de Rodolfo Fortino e os Rochas recém-chegados e já campeões europeus
               O de os que não têm letra para o nome inserir: Benedito, Bibi, Leitão, Leo...
               P de Paulinho, Paulo Fernandes e Paulo Luís*
               A de Adeptos

               * (e pedidos de desculpas aos muitos que não referi)

            quarta-feira, 24 de abril de 2019

            A réplica épica

            Ouço para aí dizer que se o Novo Sporting no Jamor vencer esta época há-de ser da década a melhor, mas a demagogia mesmo com patine tem sempre o mesmo sabor, é só ponderar as coisas com um pouco de rigor, não é preciso ser estatístico nem usar o computador, e destrinçar a realidade da ladaínha do inventor.
            Se o ano anterior a Taça da Liga foi igualmente vencida, se para a Champions League o Sporting esteve até ao fim na corrida, caindo para terceiro depois do jogo nos Barreiros, se na Liga Europa caiu nos quartos-de-final contra o Atlético, vencedor espanhol, e não antes com o penúltimo da La Liga, o Villarreal, a única diferença para melhor só poderá ser ganhar a Taça de Portugal.
            E ainda me lembro que o Sporting jogou na Liga dos Campeões, eliminando o Steaua apesar de todas as premonições, e desde o princípio houve maus agoiros e traições, que culminaram no festival de contradições propício a tumultos e destituições, golpadas e agitações, para gaúdio de alguns e com perda de muitos milhões.
            Assim, sem a Taça, vai perder com a anterior por simples comparação. Ou ser uma cópia com alguma degradação. Por muito que adornem a actual situação, e tenham desdenhado a anterior direcção.
            Com a Taça na mão, será a mesma que o Dr. Marquises, o responsável pela épica semana de preparação, com estágios secretos e muita discrição, deixou escapar para o Desportivo das Aves, o vencedor na anterior ocasião.



            segunda-feira, 22 de abril de 2019

            Chavascal Pasc(o)al

            O Pascoal é um bom chaval, pessoa simples e anónima, cidadão comum de Portugal, mascara-se de matrafona no Carnaval, espanta qualquer praga mortal na quadra homónima, onde evita últimas ceias e é mais frugal, veste-se de Pai Natal na Consoada e vai passar o Ano Novo ao Funchal para ver a noite iluminada, e no Verão vai a muito festival, além de ser treinador de bancada e opinador internacional.
            Isto para dizer que o Pascoal é um ser nada banal, pois até ele consegue ver do alto do seu pedestal que o Novo Sporting é um autêntico arraial, ou, se não houver croquette na (quer)messe oficial, antes folar, ovos e bacalhau, um sempre apetitoso Chavascal Pascal.



            Este é o primeiro parágrafo do comentário de Carlos Vieira à análise às contas do Sporting pela Baker Tilly.

            E conclui com uma observação pertinente: o custo que teria a análise (100 mil euros).

            Alguém sabe quanto custou ao clube o trabalho da Baker Tilly?
            25 pessoas estão falando sobre isso

            quer dizer que um clube desportivo andou este tempo todo a utilizar dinheiro para pagar a desportistas?
            Muito pior que isso! Pagou a desportistas e estes em troca conquistaram títulos! Títulos! Uma vergonha, onde já se viu uma coisa destas!?
            Veja outros Tweets de Hugo Ferreira


            Ainda há duas semanas toquei neste ponto: a cláusula de rescisão de Bruno Fernandes foi de 100 milhões em tempos, mas, actualmente, é de 35.

            Bem me parecia que aquela história de "não vou ganhar nada com o novo contrato" trazia água no bico.
            36 pessoas estão falando sobre isso





            A Última Profecia (?)

            Os vendilhões do Templo

            Depois de os cripto-cambistas terem dado o exemplo, sentiram chegada a hora os vendilhões do templo, deste Novo Sporting agora neste novo Te...

            Mais Manás