terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Em lume brand

Com a promessa de rumar à eternidade, talvez sabendo a localização da fonte da juventude, a nova direcção deixou o staff à vontade, elogiando a sua capacidade e atitude, jogadores nem tanto pois diz que são de fraca qualidade, mas os que foi buscar gaba-lhes a virtude, e o Novo Sporting foi em busca da felicidade, um tanto ou quanto alheado da realidade, distraído com burburinhos e ignorando a magnitude da adversidade - na continuidade rumo à mediocridade.
O jogo foi pouco dinâmico, meteram alguma água desta vez no Atlântico, quando acertaram foram barrados pelo guardião dos insulares, que no caldeirão fizeram dos continentais calamares, e foi tal a confraternização que ninguém acabou por ganhar.
Agora é esperar que o Bas Dost esqueça o futevólei durante os jogos, porque na academia há campos com redes novos, e que o Charles não tenha por aí clones, que dentro do campo tudo se resolve, desde que o holandês zapoteca reflicta na impotência da equipa, não apenas as luzes que lhe batem na careca, isto enquanto o outro holandês, a cereja no topo do bolo, a última peça, treina amortis, assistências para golo e subtilezas de cabeça.
O resumo da partida? O Charles a defender como podia e a seguir a fingir que lhe doía enquanto adormecia o povo - e foi o homem do jogo. E Renan a impedir o golo de Edgar Costa quando ele já se escapulia de novo.
Foi tudo tão bem servido, naquele jardim marítimo florido, ao som da balada da cantiga do bandido, que ninguém ficou muito afligido, mas foi o Novo Sporting que passou no caldeirão e de caldeirada foi comido, ou o neo-exigente andaria por aí em festejos e alarido, e não tão tímido e escondido.
E é a eles que lanço o meu apelo sentido, se ser irónico me é permitido: podem não respeitar o Clube, os Sócios, isso é pacífico, mas respeitem a Marca Sporting, o branding, por S. Patrício!

⏰ INTERVALO | Marítimo 0 – 0 Sporting

Entrada forte e domínio “verde-e-branco” das operações ainda não rendeu golos
Veja outros Tweets de GoalPoint.pt ⚽

🇵🇹 FINAL | Marítimo 🆚 Sporting

Empate sem golos impede maior aproximação leonina ao 3º lugar ↔️
Ratings em http://goalpoint.pt 
Veja outros Tweets de GoalPoint.pt ⚽


domingo, 24 de fevereiro de 2019

Charada quântica

Dominando mal a semântica, a direcção do Novo Sporting apresentou-se messiânica, envolta num misticismo de ordem tântrica, começando por apontar os pecados do ex-Presidente - pelo menos na religião que entende, que apregoa união mas é divisão que vende, compra quem quiser acredita quem é crente - esquecendo-se dos seus, e do seu co-optado antecedente, não auditado curiosamente e das avaliações ausente.
A arrogância foi tal que mentiu-se na diagonal, enquanto se ocultou o mais que pôde o plano final, focaram-se questões de logística, funcional e organizacional, deixando as grandes questões estratégicas em águas de bacalhau, e não sei qual falou pior, se o Varandas, se o Zenha se o Cal.
Gostei principalmente quando o que referi no final se pôs a discorrer que vender banha da cobra não era com ele, nos anúncios da TV Shop dizem o mesmo, e pelo menos dá para devolver.
Foi uma conferência tão poucochinha, vá lá que dos quatro um não abriu a boquinha, os outros debitaram conversa petulante e mesquinha, coscuvilhice, alimentaram bodes expiatórios e desculpas, discursos ilusórios e segredos de cúpulas, omitiram promessas com a sua malandrice, numa triste imagem de desespero misturado com chic-expertise*.
Contratem o Transporter ou o Nightcrawler para levar a nota, o IronMan para tratar do server mas vejam lá se com a pelota os jogadores sabem o que fazer, e o treinador careca onde os meter. Até a direcção do Imparáveis FC tinha mais profissionalismo, não eram personagens descartáveis de lirismo, resolvia de improviso qualquer cataclismo, nem que fosse uma avaria no autoclismo, só perdia na comédia e no ridículo.
Não tomem juízo não, segue-se o jogo no Caldeirão e vamos ver quem será cozinhado (não Zé do Tacho, não és tu, não comeces com choraminguice e deixa-te estar sossegado).

* chico-espertice em português, mas não tão glamoureuse**

** elegante, mas não tão chic***

***chique, mas não tão cool****

****baril, mas não tão nice*****

*****fixe, mas não tão fish


sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Apocalipse Nau(tilus)

Como se previa na deslocação a remo, derrotaria mais facilmente a tripulação do capitão Nemo, que a némesis espanhola do submarino amarelo, desde o início mais célere e acutilante, não tão distante como os verde-e-brancos do golo.
Quem mais procurava marcar era quem já estava a ganhar, e mesmo com toda a equipa posicionada, raramente se conseguia criar e concluir uma jogada, uma saída para contra-ataque personalizada, com muitos passes errados e dinâmica emperrada, enquanto Salin e Coates, principalmente, tentavam minimizar os danos e manter a baliza inviolada, com os espanhóis a explorarem as alas e o centro de uma defesa desequilibrada.
Mas como as aparências iludem, após uma primeira parte que passou como uma nuvem, quem sofreu o primeiro foi quem apostou na vertigem, uma perda de bola quase inverosímil na origem, na última linha da defesa subida, permitindo o arranque de Bruno Fernandes com a bola furtando-se à oposição ultrapassada, e o meio-campo aberto para uma finalização concebida na passada. Uma ida à tona d'água, um balão de oxigénio, a respiração recuperada depois de apneia prolongada - o submergível cerâmico estava agora ao nível da jangada.
A 2.ª parte, por alguma razão torpe, tinha que meter água e ditar a morte, não que fosse questão de azar ou sorte, era fácil de adivinhar, os laterais do Sporting deixaram bastante a desejar e Jefferson fez-se ou deixou-se expulsar, com um cartão amarelo que já tinha visto e devia evitar, até por saber que o árbitro checo roubou o Sporting contra o CSKA, e tudo eles fariam para não conseguir ganhar, depois foi simplesmente agoniar, o lento afogamento, o vagaroso afundar, devagar até o golo do empate chegar no seu momento.
Quando o engoliu, depois de tanto calafrio, não mais a eliminatória sorriu, o Novo Sporting de vez submergiu, arrastando o Holandês Voador que ainda no evento-horizonte surgiu, afundando-se também ele depois de um falhanço tardio, um último suspiro da esperança que fugiu.

⏰ INTERVALO | 🇪🇸 Villarreal 0 - 1 Sporting 🇵🇹

🦁 eficazes recolhem ao balneário com a eliminatória empatada, marcando no seu único remate à baliza na 1ª parte 🎯
Veja outros Tweets de GoalPoint.pt ⚽

⚽ FINAL | 🇪🇸 Villarreal 🆚 Sporting 🇵🇹

🦁 despede-se das competições europeias, após ter sido o primeiro a marcar no La Cerámica 🛑
Ratings em http://goalpoint.pt 
Veja outros Tweets de GoalPoint.pt ⚽

🇪🇸 Villarreal 🆚 Sporting 🇵🇹

Romain Salin defendeu quase tudo e ainda esteve muito bem na distribuição ⭐
Veja outros Tweets de GoalPoint.pt ⚽

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Apocalipse Marquise(s) - Director's Cut

Em estágio a meio de um previsível naufrágio, até por estar já debaixo d'água e a remontada ser estatisticamente improvável, o bote a remos titânico, depois de em Alvalade levar no pêlo, vai agora tentar superar o submergível mecânico, no estádio cerâmico também amarelo.
Nos entretantos, e antes dos lamentos e prantos, fiquem com mais uns lamirés deste novelo...


No comunicado confunde-se Verão com Inverno, Cristian Borja e não Christian Borja, Filipe Chaby e não Felipe Chaby, Boubacar "Kiki" Kouyaté e não Boubacar Kiki Kouyaté, Bruno Silva "Paulista" e não Bruno Silva (Paulista) tal como assinalado no "Nani"; mistura-se euro com usd...
Veja outros Tweets de paraver
Veja outros Tweets de Rui Peres

Saída de 10 jogadores, mas apenas 4,5 milhões em caixa no mercado de inverno do Sporting
Demiral foi a maior fonte de rendimento dos leões
Foram 10 os jogadores que deixaram o Sporting no mercado de transferências de inverno, conforme informou a SAD de Alvalade esta quarta-feira, com a maioria dos negócios a serem feitos sem qualquer valor envolvido.
https://www.ojogo.pt/futebol/1a-liga/sporting/noticias/interior/saida-de-10-jogadores-mas-apenas-45-milhoes-em-caixa-no-mercado-de-janeiro-do-sporting-10601135.html

A Última Profecia (?)

Keizera (ou A Primavera de Keizer)

Dizem que a ERA KEIZER   não é mito de blogosfera Que já chegou e por aí anda sem ninguém estar dela à espera Títulos pingam pois não é ...

Mais Manás